Em DVD/Bluray: O Vencedor (2010)

Publicado: junho 19, 2011 em Cinema, Em DVD/Bluray
Tags:, , , , , ,

:: Sinopse ::

1993. Dicky Ecklund (Christian Bale) teve seu auge ao enfrentar o campeão mundial Sugar Ray Leonard em uma luta de boxe, colocando a pequena cidade de Lowell no mapa. Até hoje ele vive desta fama, apesar de ter desperdiçado a carreira devido às drogas. Micky Ward (Mark Wahlberg), seu irmão, tenta agora a sorte no mundo do boxe, sendo treinado por Dicky e empresariado por Alice (Melissa Leo), sua mãe. Só que a família sempre o coloca em segundo plano em relação a Dicky, o que impede que Micky consiga ascender no esporte. A situação muda quando ele passa a namorar Charlene Fleming (Amy Adams), que o incentiva a deixar a influência familiar e tratar a carreira de forma mais profissional.

:: Impressões ::

Geralmente procuro filmes dramáticos com o objetivo de, através das indiossincracias e problematizações dos outros (personagens desenvolvidos nesses produtos cinematográficos), buscar conhecer melhor as atitudes e resoluções do ser humano e, por conseguinte, a mim mesmo. Nao é sempre que esse tipo de conexão entre obra e expectador acontece – muito menos apenas em filmes de cunho dramático. E este último caso ocorre justamente neste O Vencedor que é sim, em essência, um filme dramático. Contudo, devido a uma certa tendência a estereotipização de filmes que abordam o subgênero “esportes”, principalmente em produções norte-americanas os que enfocam boxe, futebol americano e baseball, muitas vezes prejulgamos uma obra antes mesmo de vê-la, seja isto através de comentários de “críticos”, amigos ou qualquer que seja o emissário da mensagem que reforça seu preconceito natural. Sendo assim, não foi inteiramente surpreendente ao término do filme O Vencedor achá-lo excepcional, contudo foi surpreendente sim enxergá-lo como mais do que se esperava anteriormente, já que o mesmo exibe uma complexidade ao qual não estava familiarizado em um filme com tema semelhante (a saga de Rocky Balboa é cinema de primeira – pelo menos parte dela -, contudo está longe de ser um produto multifacetado em que se aproveita mais do que a casca que procura apenas entreter).

O esporte (boxe, no caso desse filme) ainda é foco importante à trama, mas ao contrário de outros filmes em que ele é o cerne e o drama dos personagens principais estão em segundo plano, em O Vencedor o que se sobrepõe é o entrelaçamento dramático entre o personagem de Mark Wahlberg (de O Atirador), o tal vencedor do título nacional, seu irmão dependente químico e antigo lutador de boxe, vivido pelo vencedor do Oscar Christian Bale (de Batman – O Cavaleiro das Trevas), sua mãe (irritante) e empresária interpretada pela também ganhadora do Oscar Melissa Leo (de Rio Congelado), sua namorada (Amy Adams, de Dúvida), além de quase uma dezena de irmãs (sério) que interferem de forma abusiva em suas decisões, pretensões, rotina, relacionamento(s), ou seja, o sufocam de maneira tão natural que a revolta transmitida ao expectador fica sempre no limite do hilário (será possível algo do tipo acontecer na realidade?) e da indeferença.

Não quero aqui comentar acerca da sinopse em si (ela já está disponível no topo do post), mas sim verbalizar o que realmente é atrativo, pelo menos para mim, neste filme dirigido por David O. Russell (Três Reis), que procura, através de uma história baseada em fatos reais, discutir mais do que a transformação/realização de um homem através do esporte/glória/realização, mas sim o quanto somos condicionados a tomar caminhos pelos quais no nosso íntimo mais profundo não desejamos, e como nos mostra O Vencedor às vezes tais caminhos são alcançados através de uma espécie de auto-ilusão, onde nos encontramos em um ponto em que fazemos aquilo que gostamos (no caso do filme, o boxe), ao lado das pessoas que gostamos (família e namorada), buscando aquilo que sonhamos (a vitória) e mesmo assim ainda não somos felizes. São os detalhes que transformam qualquer jornada, e a jornada do personagem de Walhberg é clara aos nossos olhos, mas apenas caso o expectador se projete para dentro do seio de sua rotina, de sua trajetória de vida, já que assim verá mais do que então enxerga sua namorada (que serve a narrativa do filme para acompanharmos a suposta passividade deste), contudo o “buraco é mais embaixo” e, quando nos vemos através dos olhos dele percebemos realmente o por que deste estar condicionado aquela espécie de buraco negro, onde não há saída, este apenas segue empurrando a vida, como quem joga com peças marcadas, sabendo que não é de seu direito o poder da escolha ou de possuir a coragem de tomá-la. Em suma, O Vencedor nada mais é do que um filme que procura mostrar uma análise comportamental da instituição familiar – com seus prós e contras -, quando esta influencia, propositalmente ou não, os membros da mesma, enquanto também nos fascina pelas belamente coreografadas cenas de treinamento de boxe, das lutas (que não empolgam tanto quanto as de outros filmes que abraçam o mesmo tema), mas cumprem bem o seu papel. Mais um bom produto abraçado pela Academia de Cinema de Hollywood, que merece ser conferida e apreciada.

Elenco: Mark Wahlberg, Christian Bale, Amy Adams, Melissa Leo e Jack McGee.

:: Ficha Técnica ::

Título original: The Fighter

Gênero: Drama

Duração: 114 min.

Ano de lançamento: 2010

Site oficial: http://www.thefightermovie.com

Estúdio: Mandeville Films / Relativity Media

Direção: David O. Russell

Roteiro: Scott Silver, Paul Tamasy e Eric Johnson

Produção: Dorothy Aufiero, David Hoberman, Ryan Kavanaugh, Todd Lieberman, Paul Tamasy e Mark Wahlberg

Música: Michael Brook

Fotografia: Hoyte Van Hoytema

Direção de arte: Laura Ballinger

Figurino: Mark Bridges

Edição: Pamela Martin

Efeitos especiais:Comen VFX

:: Trailer ::

:: Links ::

Sinopse e Ficha Técnica: O Vencedor

Fichas do IMDB:

Mark Walhberg

Christian Bale

Amy Adams

Melissa Leo

David O. Russell (diretor)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s