Game of Thrones – Episódio 10: Fire and Blood

Publicado: julho 11, 2011 em Séries, TV
Tags:, , , , , , , , ,


E finalmente é encerrada a primeira temporada da série Game of Thrones. Seu derradeiro episódio, intitulado “Fire and Blood“, não poderia apresentar outra coisa a não ser fogo e sangue, visto que, à exemplo do livro que originou a série, são deixados mais interrogações do que resoluções na intricada e, por que não, sádica trama criado pelo norte-americano George R. R. Martin. Seguindo a mesma linhas dos últimos três episódios, o décimo capítulo prende o expectador na frenta da tela do começo ao fim de sua projeção, já que durante ele visualizamos de camarote o posicionamento de todos os personagens-chave à trama (até agora, pelo menos) para a temporada que virá ano que vem. Decisões são tomadas e o combate é iminente, tanto para os Lannister e os Stark, Tully e Baratheon, quanto entre os membros da Patrulha da Noite e os sinistros errantes que “assombram” a muralha. Estes são os ganchos principais à próxima temporada, contudo diversos outros elementos são plantados, como o êxodo forçado da pequena Arya após a decapitação de seu pai, a “responsabilidade” conseguida por Tyrion Lannister (Peter Dinklage), indicado Mão do Rei, além de uma das “cenas” mais inusitadas (no sentido descritivo, já que quanto à narrativa dava para ficar desconfiado de que algo do gênero aconteceria) do livro, que infelizemente perde um pouco do sentido de surpresa na série, tanto pelo fato da falta de impacto da cena (culpa dos roteiristas? Da direção?), quanto do uso não convincente dos efeitos-visuais (quanto a isso não digo que a cena está visualmente mal feita, contudo a mesma não causou o impacto esperado). Estou me referindo ao ritual pelo qual a personagem Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) passa após a “morte” de seu esposo Drogo (Jason Momoa).

Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) em momento de epifania.

Emoção, ação, dúvida e tristeza não faltam a série Game of Thrones e, seu episódio derradeiro ratifica mais uma vez todo o conceito proposto pela série, “finalizando” a temporada com mérito, deixando em sua conclusão um gosto de que algo está faltando, no entanto este gosto só será saciado no próximo ano, quando este grande épico retornará à grade daprogamação da HBO. É válido informar que esta season finale (assim é chamado o episódio que fecha a temporada nos Estados Unidos) foi a de maior audiência de toda a série, alcançando pouco mais de 3 milhões de telespectadores apenas no seu país de origem, além de que a nova temporada já está sendo filmada. Sendo assim, me despeço deste espaço por enquanto, voltando apenas quando a 2ª temporada estrear no por enquanto longínquo 2012. Tomara que o mundo não acabe até lá…

Lady Catelyn Stark (Michelle Fairley) e seu filho Robb (Richard Madden) em um decisivo momento de dor.

Se você ainda não leu os reviews dos episódios anteriores de Game of Thrones, confira através dos links abaixo:

Episódio 1 – The Winter is Coming

Episódio 2 – The Kingsroad

Episódio 3 – Lord Snow

Episódio 4 – Cripples, Bastards and Broken Things

Episódio 5 – The Wolf and the Lion

Episódio 6 – A Golden Crown

Episódio 7 – You Win or You Die

Episódio 8 – The Pointy End

Episódio 9 – Baelor

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s