Filme Clássico: Todos os Homens do Presidente (1976)

Publicado: outubro 6, 2011 em Cinema, Filme Clássico
Tags:, , , , , , , ,

A  mais devastadora história de investigação do século (20).

(Chamada do cartaz oficial do filme).

:: Sinopse ::

Em 1972, sem ter a menor noção da gravidade dos fatos, um repórter (Robert Redford) do Washington Post inicia uma investigação sobre a invasão de cinco homens na sede do Partido Democrata, que dá origem ao escândalo Watergate e que teve como conseqüência a queda do presidente Richard Nixon.

:: Impressões ::

Por um momento de minha vida desejei ser jornalista, tanto que cheguei a cursar um período do curso de Jornalismo, abandonando o mesmo após seis meses e, algum tempo depois, acabei me graduando em Comunicação Social, contudo dessa vez com habilitação em Relações Públicas. Apesar de não possuir o título de jornalista – hoje alvo de tanta discussão, principalmente devido à decisão da não obrigatoriedade do diploma para o exercício da função -, quando posso me dedico a atividade de blogueiro e, mesmo que para muitos o papel blogueiro difere do executado pelo jornalista (inclusive eu concordo em grande parte com esta afirmativa), canalizo parte desse meu “antigo” interesse como blogueiro deste espaço.

E agora você deve estar se perguntando o por que de toda essa introdução, não é mesmo? Mas é mais do que óbvio, visto que isso não foi nada mais do que uma tentativa de “contextualização” pessoal  para com esse Filme devastador e atual intitulado Todos os Homens do Presidente, dirigido pelo saudoso Alan J. Pakula (A Escolha de Sofia, Acima de Qualquer Suspeita, O Dossiê Pelicano) e estrelado por Robert Redford (de Butch Cassidy e responsável mor pela consecução do longa) e Dustin Hoffman (A Primeira Vez de um Homem). Um tapa na cara da aparentemente sensação de onipotência dos membros do poder público (do Presidente ao sub-secretário de finanças da gestão) perante a população norte-americana e um retrato de um dos períodos mais conturbados da história dos Estados Unidos, o escândalo de Watergate, as denúncias de corrupção do governo de Richard Nixon e sua futura renúncia ao cargo maior daquele país e do mundo (até então). Acompanhamos, através dos olhos de dois jornalistas do jornal Washington Post, a investigação que culminou nessa maré de eventos.

Considerado um dos maiores filmes a abordar o jornalista investigativo (tanto quanto 12 Homens e uma Sentença, de Sydney Lumet, está para o Direito, por exemplo), Todos os Homens do Presidente tem a rara qualidade de aliar conteúdo extremamente complexo (são muitas informações liberadas pelo longa), que envolve informações acerca de diversos órgãos governamentais e, consequentemente, vários nomes e cargos, com um clima de tensão e envolvimento, através de uma montagem que deixa o espectador grudado na tela por pouco mais de duas horas, acompanhando o trabalho de investigação executado pelos personagens de Redford e Hoffman. Intriga, mistério, denúncia e, tão importante quanto, a fotografia do que era o jornalismo na década de 1970, desde a concepção de uma redação à correria do trabalho de campo, que envolve tanta a entrevista, quanto a “caça” as pistas que formulariam o material final que seria publicado. Todos os Homens do Presidente é um longa que, mesmo passados 35 anos de seu lançamento, continua atual não só por sua importância como retrato histórico, mas sim também como reflexo da era em que vivemos, tanto de maneira global quanto local, visto que não é difícil relacionar os fatos documentados neste longa (e suas consequências históricas) com recentes casos oriundos da política brasileira, do já lendário “mensalão” à corrupção e afastamento de ministros recém-empossados, além do recorrente caso dos representantes públicos que fraudam e praticam atos de corrupção e não abandonam (nem são obrigados pela população, que fique claro) seus cargos. No mínimo este filme pode servir como aprendizado ao cidadão, que deve estar sempre alerta ao que acontece ao seu redor.

Todos os Homens do Presidente, apesar da óbvia conotação política e da aura grandiloquente que oferece ao profissional de jornalista (que realmente vivia uma época de ouro no período do caso Watergate), não é um filme chato e enfadonho, muito pelo contrário, apesar de apresentar discussões complexas e fatos baseados em eventos reais, o mesmo é compacto, dinâmico e bem executado, podendo até mesmo ser classificado como divertido, visto que apesar de tudo ainda é (e consegue ser) uma obra de entretenimento, seguindo aquela forma que até hoje só o cinema praticado nos Estados Unidos conseguiu. Um raro filme que, mesmo possuindo um final óbvio (ora bolas, é baseado num fato histórico), consegue chocar e surpreender.

Caso você já tenha conferido o filme e gostaria de ler uma análise mais profunda acerca do filme, onde serão apontadas informações mais técnicas e sensitivas, recomendo muito que confira o excelente texto escrito pelo crítico de cinema Pablo Villaça, do site Cinema em Cena.

A edição de Todos os Homens do Presidente que conferi foi a versão dupla lançada em 2006, em comemoração ao aniversário dos 30 anos de lançamento do mesmo. Sendo assim, o segundo disco contém apenas material extra, dando ênfase à documentários e entrevistas acerca desse clássico. Recomendo a todos que puderem que confiram essa material extra, pois o mesmo consegue embasar ainda mais as informações projetadas pelo filme, tirando algumas dúvidas sobre alguns fatos não tão aprofundados ou esclarecidos no longa, além de conter depoimentos recentes de vários dos envolvidos na produção do filme, como a dupla de protagonistas Robert Redford e Dustin Hoffman, o roteirista William Goldman, os verdadeiros jornalistas e autores do livro no qual o filme foi baseado, Carl Bernstein e Bob Woodward, além de diversas personalidades do jornalismo (da época e atual) que comentam acerca da importância do filme, do momento retratado pelo mesmo e da prática do jornalismo nos anos 2000, dentre outros.

:: Ficha Técnica ::

Elenco: Dustin Hoffman, Robert Redford, Jason Robards, Jack Warden, Hal Holbrook e Ned Beatty.

Título original: All the President’s Men

Gênero: Drama/Thriller

Duração: 138 min.

Ano de lançamento: 1976

Estúdio: Warner Bros. / Willwood

Direção: Alan J. Pakula

Roteiro: William Goldman, baseado em livro de Bob Woodward e Carl Bernstein

Produção: Walter Coblenz

Música: David Shire

Fotografia: Gordon Willis

Edição: Robert L. Wolfe

:: Trailer ::

Sem Legendas.

:: Links ::

Sinopse e Ficha Técnica: Adoro Cinema.

– Excelente análise do filme pelo crítico Pablo Villaça, do site Cinema em Cena.

Fichas do IMDb:

* Alan J. Pakula (diretor)

* William Goldman (roteirista)

* Robert Redford

* Dustin Hoffman

* Jason Robards

* Jack Warden

* Hal Holbrook

* Ned Beatty

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s