Posts com Tag ‘garden of bones’

De longe, este quarto episódio  de Game of Thrones, Garden of Bones, é o melhor da segunda temporada. Repleto de conflitos, novos personagens e literalmente a um passo do conflito, neste episódio podemos conferir a chegada da Khaleesi a uma grande cidade murada – não sem estresse e tensão -, o clima pesado entre os irmãos em busca da coroa, Stannis e Renly Baratheon, além das marcantes presenças de lord Baelish (vulgo Mindinho) e Tyrion Lannister, ambos mais uma vez tramando em busca de seus objetivos.

Entretanto, apesar de ser um capítulo equilibrado no que se refere a acontecimentos de impacto, talvez o que mais marque após o término do episódio seja a cena em que o então rei Joffrey “usa” e abusa das meretrizes enviados por seu tio Tyrion, a Mão do Rei, com o objetivo de “entreter” o jovem monarca. Aplicando atos de ódio e violência para com as duas mulheres, Joffrey mostra todo o seu talento para o mal nesta cena forte e violenta.

Entretanto, o grande destaque de Garden of Bones é alcançado no desfecho do episódio, quando observamos a missão de “espionagem” a cargos das duas mãos direitas de Stannis, Melisandre e Davos Seaworth, que revela um misto de magia e horror na cara do espectador. Impactante e de deixar a mente de qualquer um desperta, é apenas neste quarto episódio que a série vê-se livre da obrigação de ambientar o espectador neste universo de personagens e mitologias cada vez maior e investe certeiramente no impacto do enredo sem grandes explicações. Se a ansiedade já se encontrava alta, agora é que ela alcana níveis altíssimos.

Ainda não viu minhas impressões sobre os episódios anteriores? Veja agora:

Episódio 1, temporada 2The North Remembers

Episódio 2, temporada 2: The Night Lands

Episódio 3, temporada 2: What is Dead May Never Die

 

Anúncios