The Killing – 2ª Temporada (2012)

Publicado: junho 22, 2012 em Séries, TV
Tags:, , , , , ,

Pelo qualidade apresentada até então e o texto elucidativo sobre a primeira temporada da série, não vejo ser necessário me alongar tanto debatendo acerca dos méritos e do impacto positivo causados por esta que é uma das melhores séries norte-americanas da atualidade. Fechando o arco iniciado na temporada anterior, a temporada 2 de The Killing mantém o nível de excelência, ao mesmo tempo em que consegue surpreender novamente, revelando detalhes até então nunca imaginados pelo espectador e revelando as causas e culpados pelo crime de maneira crível, mas não menos chocante e surpreendente.

Aproveitando ainda mais o belíssimo cabedal de personagens, temos aqui a detetive Linden (Mireille Enos) ainda mais intempestiva e à beira de um “colapso mental”, junto ao seu enigmático e boa praça parceiro Holder (Joel Kinnaman), para mim o grande nome dessa temporada. Outro grande nome que ganha uma nova cara – muito devido às consequências dos acontecimentos sofridos no final da temporada anterior – é a performance do ator Billy Campbell, que  emprega uma espécie de brilho e tormento ao seu personagem, o vereador Darren Richmond.

É chover no molhado enaltecer o caráter humano e psicológico tanto da trama quanto dos tridimensionais personagens de The Killing, até por que subtende-se que quem tem interesse de conferir esta segunda temporada, viu a anterior e esta basicamente continua a jornada iniciada naquela. Entretanto, não é demais afirmar mais uma vez que esta série, ao lado de Homeland, são as séries de conteúdo adulto mais interessantes feitas nos últimos anos, perfeitas para aqueles que procuram um entretenimento com baseadas na “realidade”, bem pé no chão, e com profundidade na abordagem dos seus temas.

Independentemente de gostos e de alcance midiático, é válido registrar que The Killing é uma série com grau de excelência tão ou até maior do que The Walking Dead e Game of Thrones, por exemplo, que também são produtos de qualidade altíssima, mas que têm a vantagem de possuírem uma divulgação e, consequentemente, uma audiência substancialmente maior em comparação a The Killing.  Sendo assim, para aqueles que curtem essas duas excelentes séries citadas acima, mas também curtem filmes policiais com uma pegada mais intimista (e, por que não, contemporânea) como Sobre Meninos e Lobos, Medo da Verdade – coincidência ou não, ambos baseados em obras policiais do norte-americano Dennis Lehane, que tem uma pegada semelhante a da série debatida aqui – , Seven, os Sete Crimes Capitais, dentre outros, recomendo entusiasticamente que confiram The Killing, pois a mesma possui um grau de profundidade, excelência e qualidade que supera em muito até mesmo grandes filmes do gênero, além de ter a rara qualidade no mundo das séries de TV de manter-se interessante e com grande qualidade do início ao fim das duas temporadas, que somam 26 episódios, nunca enganando o espectador e apresentando um dos encerramentos mais angustiantes e emotivos dos últimos tempos. Recomendo que a (ou as, caso não tenha acompanhado a temporada primeira) veja imediatamente.

:: Links ::

Análise da 1ª Temporada

Página na Wikipédia (Inglês)

Site oficial (em inglês): The Killing

Fichas no IMDB:

– Mireille Enos

– Joel Kinnaman

– Billy Campbell

– Michelle Forbes

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s